História

Com mais de 90 anos de existência, o Hospital São Vicente de Paulo foi fundado em 1930, quando o então chamado Hospital Escola passou a oferecer assistência médica às irmãs religiosas e servia para treinamento às noviças na área de Enfermagem. Trinta anos depois, após reformas do casarão onde funcionava, passou a atender moradores da região, já com o nome de São Vicente de Paulo. Em pouco tempo, a instituição conquistou o respeito de pacientes e médicos e a procura pelos serviços aumentou gradualmente, assim como a necessidade de ampliar a capacidade de atendimento. Foi assim que, em 1980, foi inaugurado um novo prédio, maior e mais moderno. 

Tanta história carrega, desde o início, um único propósito: oferecer à população carioca o que está na sua essência, que é a vocação para cuidar.

São Vicente de Paulo: Patrono das obras de caridade

São Vicente de Paulo nasceu na cidade de Pouy, na França, no dia 24 de abril de 1581. Filho de pobres camponeses, manifestou cedo o desejo e o gosto para o estudo. Entrou no seminário e foi ordenado padre com apenas 19 anos de idade.

Em contato com os camponeses, conheceu o estado de abandono religioso e miséria em que viviam as populações do campo. Percebeu que os mais carentes tinham necessidades urgentes e que, para ser fiel a Cristo, era preciso acolhê-los. Começou, então, a pregar entre os mais humildes e a organizar diversas ações de caridade. Foi neste contexto que São Vicente de Paulo fundou a Congregação da Missão e a Companhia das Filhas da Caridade.

São Vicente de Paulo morreu em 27 de setembro de 1660, foi canonizado em 1737 e declarado, em 1855, Patrono de todas as obras de caridade.

São Vicente de Paulo: Patrono das obras de caridade

São Vicente de Paulo nasceu na cidade de Pouy, na França, no dia 24 de abril de 1581. Filho de pobres camponeses, manifestou cedo o desejo e o gosto para o estudo. Entrou no seminário e foi ordenado padre com apenas 19 anos de idade.

Em contato com os camponeses, conheceu o estado de abandono religioso e miséria em que viviam as populações do campo. Percebeu que os mais carentes tinham necessidades urgentes e que, para ser fiel a Cristo, era preciso acolhê-los. Começou, então, a pregar entre os mais humildes e a organizar diversas ações de caridade. Foi neste contexto que São Vicente de Paulo fundou a Congregação da Missão e a Companhia das Filhas da Caridade.

São Vicente de Paulo morreu em 27 de setembro de 1660, foi canonizado em 1737 e declarado, em 1855, Patrono de todas as obras de caridade.